Breve apresentação do curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
INSTITUTO DE PSICOLOGIA

Práticas autogestionárias, IPW050
Quinta-feira, 13h-16h30 – Sala 9

Rio de Janeiro, 27 de agosto de 2013.

Carxs participantes do curso Práticas autogestionárias,

elaboramos esta apresentação para que todos tomem conhecimento da proposta do curso e das atividades já realizadas até este momento. A leitura deste texto constitui ação importante para integração de todxs nesta proposta de autogestão.

Breve apresentação do curso Práticas autogestionárias

1. A proposta inicial e o histórico de encontros.

1.1. A proposta inicial, formalizada em maio de 2013, foi criar um curso na grade de disciplinas do Instituto de Psicologia da UFRJ para estudar e praticar autogestão. A ideia foi elaborada por estudantes de graduação que convidaram professores para, juntos, construir o curso.

1.2. O aspecto inovador da proposta é autogestionar um curso. Pretende-se realizar um curso sobre autogestão de forma autogerida. Tal empreendimento, notamos de imediato, implica inovações na construção coletiva de um programa, da dinâmica de aulas, do cronograma, uma profunda alteração na relação professor/estudante entre outros aspectos ainda não mapeados.

1.3. Enfatizamos a aposta de que o curso se configurasse como uma disciplina formalizada no Instituto de Psicologia. Tivemos então que elaborar um programa de curso para submeter à aprovação dos Departamentos e da Congregação, cadastrar a disciplina na secretaria da Graduação com um código interdepartamental e incluí-lo na grade de disciplinas de 2013.2. Todos estes passos empreendidos ordinariamente por professores contou com a participação de estudantes interessados e cumpriu o cronograma e as etapas regulares estipulados pela Universidade.

1.4. Para que o curso saísse do campo das ideias, viesse a ser implementado na grade regular do Instituto de Psicologia e divulgado, houve um trabalho realizado ao longo de meses (de maio a agosto) composto por reuniões, comunicados, elaboração de programa, lista de interessados, divulgação, conhecimento da burocracia do Instituto de Psicologia e ações para tramitação da proposta. Reconhecendo o trabalho realizado e considerando importante a exposição às novas pessoas que não participaram desse processo inicial, este documento foi elaborado para divulgação e – aspecto mais importante – horizontalização das relações.

1.5. O número de vagas foi inicialmente planejado em 45 mas, recentemente, analisando a demanda decidimos dobrá-lo. Tal alteração foi objeto de amplo debate porque consideramos que o número de participantes pode dificultar a autogestão. Decidimos não nos render a esta possível dificuldade e empreender o curso com este número de participantes.

2. A dinâmica proposta para o curso

Ao longo dos últimos meses de trabalho para construir o curso empreendemos diversas atividades, elaboramos alguns produtos (sujeitos a transformação) e identificamos algumas dificuldades.

Elaboramos um programa de curso, criamos um blog e grupo no FB, fizemos algumas reuniões. O programa do curso foi criado no mesmo dia em que a proposta foi apresentada e o convite foi feito para os professores e tal rapidez deveu-se às exigências da burocracia do Instituto de Psicologia e da universidade. O programa foi divulgado no blog, criado logo após, e foi objeto de significativas complementações temáticas e de referências bibliográficas e de outra natureza. A agilidade inicial foi acompanhada de certa morosidade nos meses seguintes em decorrência, julgamos, do aspecto inusitado do curso e de nosso cotidiano já intenso.

Percebemos, por exemplo, como convocar, participar e deliberar nas reuniões era trabalhoso. Havia dificuldades em marcar dia, em participar, em deliberar e divulgar as deliberações. O funcionamento em assembleia de todas as reuniões também impunha dificuldades na implementação das ações. Decidimos em certo momento – premidos pelo início do curso – em distinguir modos de funcionamento das reuniões e consideramos importante criar grupos de trabalho (GT) para operacionalizar as deliberações. Decidimos que as deliberações serão feitas em assembleias, mas as ações serão implementadas por grupos abertos que se configuram ad hoc. Os grupos são abertos e devem realizar as atividades programadas, estando sujeitos a reconfigurações.

Existem atualmente dois grupos, a saber, GT Comunicação e GT Processo. O GT Comunicação, composto por Bruno Foureaux, Francisco Portugal e Pedro Legey, deve aprimorar as formas atuais de comunicação, acompanhar as comunicações ao longo do curso e organizar o histórico do curso. O GT Processo, com quadro vasto e ainda por se definir, organiza a proposta pedagógica do curso, seus processos e seu cotidiano.

Apresentamos uma proposta de programa de curso prevendo dias para deliberações em assembleia e aulas regulares. Tal proposta será apresentada em seu primeiro dia e está sujeita a modificações conforme decisão coletiva.

3. A comunicação

O GT comunicação empreenderá suas comunicações preferencialmente pelo blog do curso – https://praticasautogestionarias.wordpress.com – e por meio de folhetos e mensagens eletrônicas. É de vital importâncai que todxs xs inscritxs no curso acessem o site e se cadastrem como seguidorxs (basta acessar o site e clicar no canto direito inferior da tela o botão “seguir”), facilitando a circulação das informações e decisões. Esta ação fará que toda postagem seja comunicada a todxs, entre outras possibilidades.

Reproduzimos abaixo o link do relato de um dos participantes que discorre sobre os primeiros passos deste projeto.

Palavras primeiras de um caminho caminhado

Relato da reunião da disciplina Práticas Autogestionárias 22.08.2013

Começamos a reunião com o informe do Francisco, sobre a sala da disciplina. Ao alocar um sala do condomínio fora do Instituto de Psicologia para uma disciplina, o SIGA “trava” a inscrição ao atingir a lotação. Inicialmente havíamos estipulado 45 vagas daí a reserva da sala 8 do anexo da Escola de Serviço Social. Uma vez que ampliamos o número de vagas para 90, Portugal, conversando com Fred, encontrou a sala 09 do Instituto de Psicologia disponível, com capacidade de 50 alunos permitindo a abertura de 29 inscrições pelo SIGA considerando as 21 inscrições diretas já efetivadas. Entretanto, somados os alunos de extensão e de inscrição direta, ultrapassamos em muito a capacidade máxima da mesma: 55. Estamos atualmente na busca de outros espaços, como a sala 02, 07, 08 do IP, ou um dos auditórios da Escola de Serviço Social, ou o próprio Teatro de Arena. Após este informe, levantamos pontos de discussão e suas respectivas propostas.

Sobre as atividades do Grupo de Trabalho (Metodologia, Processos e afins) entendendo que as ações do GT serão concomitantes à própria disciplina e que elas fazem parte do próprio processo da disciplina, foi sugerido que destinássemos uma parte do tempo de aula para o encontro do GT. Neste sentido, das 13:00 às 15:30 teríamos aula normal; e das 15:30 até as 16:30 reservaríamos para o GT. Não ficou claro se esta separação teve consenso.

Sobre o material da apresentação da disciplinaBruno Pizzi apontou para a discrepância em que se encontrarão os alunos a) que estiveram construindo a disciplina desde o começo (junho de 2013), b) os que entraram no meio do percurso (julho e agosto de 2013) e c) os que vierem por meio das inscrições (SIGA e extensão). No intuito de nivelar estas posições e horizontalizar o conhecimento da disciplina, foi proposto que elaborássemos um texto relatando seu histórico, suas “condições de possibilidade”, sua idealização, seu trajeto, etc.  Além de conter o relato do Antonio Costa publicado no blog (como uma possível fonte de material), o texto incluiria também o programa da disciplina e tudo que contribuísse para uma contextualização. O GT comunicação, composto por Bruno, Francisco e Pedro, ficou responsável por coordenar esta atividade.

A fim de que tenhamos conhecimento dos participantes, estabelecemos que solicitaremos aos inscritos – por meio de um formulário – que apresentem as razões de sua participação no curso e sua experiência com autogestão. O GT comunicação elaborará um formulário e enviará para todos os inscritos e interessados e compilará as informações para que sejam acessíveis pelo blog e levadas ao primeiro dia de aula.

O que deveria estar presente no 1º dia de aula objetivo principal desta reunião, listamos os itens que comporiam o programa de nosso primeiro encontro. Os “pontos guia” eram: apresentação do curso, texto relatando o percurso da disciplina (citado acima), calendário, textos (quais seriam) e xerox (onde estariam), a inserção de todos os integrantes no blog – como seguidores – e uma apresentação do mesmo, haja visto que decidimos utilizá-lo como único veículo da matéria.

A dinâmica da apresentação cientes de que havia muito que fazer em pouco tempo, nossa preocupação voltou-se a como organizar os itens propostos. Clara Camatta sugeriu uma divisão do encontro em dois momentos e após demarcarmos seus limites, a proposta foi acolhida por unanimidade. Segue abaixo um esboço do programa:

1º Momento (13:00 as 14:30) – apresentação do curso; apresentação dos integrantes; apresentação da proposta do curso e do blog.

2º Momento (14:30 as 16:30) – divisão da turma em pequenos grupos para a discussão do percurso que faremos; assembleia geral para decidir o percurso.

Quanto à avaliaçãoeste item gerou muito debate mas nenhuma proposta foi acatada e consensuada.

O calendário neste momento, já com o avançado do encontro, faltava fixar as datas das assembleias, o número de aulas para cada eixo* e a relação deste formato com a avaliação, ainda por decidir. Para melhor visualização, iniciamos com uma visão geral das datas disponíveis no semestre. Reconhecemos que estávamos cansados e julgamos que melhor seria parar naquele ponto, postergando as questões pendentes para a próxima reunião. Desta forma, o calendário  abaixo serve como base e apresenta lacunas devendo ser novamente manipulado.

Setembro

5 – Assembleia.
12 – 1. Material teórico.
19 – 1. Material teórico.
26 – 1. Material teórico.

Outubro

3 – JIC (Jornada de Iniciação Científica – Não haverá aula.
10 – 1. Material teórico.
17 – 1. Material teórico.
24 – Assembleia.
31 – 2. Autogestão e contemporaneidade.

Novembro

7 – 2. Autogestão e contemporaneidade.
14 – 2. Autogestão e contemporaneidade.
21 – Assembleia.
28 – 3. Práticas e narrativas.

Dezembro

5 – 3. Práticas e narrativas.
12 – Assembleia.
19 – Dia reserva.

* blocos que servirão para delinear o caminho do curso – ainda que propenso a alterações.

 O que ficou para a próxima reunião rever o calendário, definir o conteúdo programático e a avaliação da disciplina.

Presentes: Ruan Rocha, Rodrigo Bodão, Bruno Pizzi, Clara Camatta, Francisco Portugal, Thiago Colmenero, Arthur Arruda, Bruno Foureaux, Antonio Costa, Clara Buoro, Rudy Gertners, João Batista, Will Penna, Natasha Iane, Pedro Legey.

Ata da reunião do dia 15 de agosto de 2013

Práticas Autogestionárias – Ata da reunião de 15/08/2013

Relator: Saulo Pereira Araújo

Aquilo que é acordado em grupo deve ser “respeitado e levado para frente” mesmo que todos não hajam estado presentes na “reunião” e não tenham participado dessa decisão anterior e queira problematizá-la posteriormente….

O número de vagas decidido foi de 90 sendo 30 vagas para extensão, 30 via inscrição direta, e 30 via siga. As vagas ociosas serão abertas para extensão.

As vagas da extensão serão decididas via sorteio no dia 29/08. No entanto as inscrições para o envio de e-mail requerendo vaga irão até dia 28/08. No dia 29/08 acontecerá a seleção dos alunos de extensão por meio de sorteio, no horário da aula sem local definido ainda. A partir desta seleção será enviada a PR5 a lista dos selecionados para comunicá-los.

O Blog será a única ferramenta de comunicação do curso e este por sua vez não possuirá caráter deliberativo. O GT de comunicação ficará responsável por fechar a página do facebook e fazer esta divulgação pela predileção pelo uso do Blog.

Os Eixos da Disciplina que já foram estabelecidos serão levados à aula e (re)pensados e (re)construídos pela assembleia da turma.

Os Grupos de Trabalho serão dois, a princípio, com possíveis novas formação a partir dos próximos encontros e reuniões. Estes serão de GT-Comunicação e GT-Metodologia/Processo/Didática/CoordenaçãoGeral/Afins. Na próxima quinta-feira dia 22 de agosto ocorrerá reunião do GT- Metodologia/Processo/Didática/CoordenaçãoGeral/Afins para decidir sobre a primeira aula do curso.

Informes (17/8) e pedido do “GT” de comunicação

Pessoal, estamos no aguardo da ata, mas vou adiantar alguns pontos. Outros não conseguirei informar muito porque não lembro, e precisamos [!] que quem esteve presente e tem essas informações passe para a gente assim que possível!
————————————————————————————————-

 

A. optamos por apostar na comunicação via blog e em alguns casos, lista de emails. Para isso, existirá um GT de comunicação responsável para centralizar as informações em comunicados informativos e publicá-los. Não preciso dizer que, quanto mais gente aqui, melhor – e menor fica o trabalho, né? Pois bem, outro caminho que tomará o GT diz respeito ao estudo da ferramenta do blog, até como forma de registro de nosso caminho (considerou-se que o facebook de certa forma tornava mais efêmero o registro, e as coisas acabam se perdendo com facilidade) e talvez uma “oficina” para explicar a galera a usar algumas coisas – desmistificar o espaço e o uso do blog (vamos precisar, também do uso de todo mundo para isso – criação de dúvidas, e etc.)

B. depois de horas discutindo, acertou-se ter 90 vagas. 30 pra lista (que na real tem menos) / 30 para o SIGA (mais, pois a lista terá menos) / 30 para extensão. A inscrição do SIGA será aberta no período de alteração, do dia 21/08 a 26/08.

C. foi sugerido um GT de “metodologia” -> alguém poderia explica melhor?

D. extensão: inscrição por e-mail (praticasautogestionarias@gmail.com) até 28/08 e sorteio 29/08. Agora não sei como faremos, pois o João teve um trabalho interessante aqui.

Questão que fica, divulgar a extensão!!

E. Agenda:

  • 22/08 reunião do gt metodologia pra pensar o primeiro dia de aula.
  • 29/08 reunião para decidirmos sobre o que fazer com as inscrições da extensão (um exemplo, se forem mais que 30, como fazer?)
  • 05/08 primeiro dia de aula do curso

————————————————————————————————-

abraços a todos [por favor, se tiverem alguma errata, alguma informação, complementem!]

PS: o Saulo já contribuiu:
“O número de vagas decidido foi de 90 sendo 30 vagas para extensão, 30 via inscrição direta, e 30 via siga. As vagas ociosas serão abertas para extensão.
As vagas da extensão serão decididas via sorteio no dia 29. No entanto as inscrições para o envio de e-mail requerendo vaga irão até dia 28. No dia 29 acontecerá a seleção dos alunos de extensão por meio de sorteio, no horário da aula sem local definido ainda. A partir desta seleção será enviada a Pr5 a lista dos selecionados para comunica-los.
O Blog será a única ferramenta de comunicação do curso e este por sua vez não possuirá caráter deliberativo. O GT de comunicação ficará responsável por fechar a página do facebook e fazer esta divulgação pela predileção pelo uso do Blog.
Os Eixos da Disciplina que já foram estabelecidos serão levados à aula e (re)pensados e (re)construídos pela assembleia da turma.
Os Grupos de Trabalho serão dois a princípio com possíveis novas formação a partir dos próximos encontros e reuniões. Estes serão de GT-Comunicação e GT-Metodologia/Processo/Didática/CoordenaçãoGeral/Afins. Na próxima quinta-feira dia 22 de agosto ocorrerá reunião do GT- Metodologia/Processo/Didática/CoordenaçãoGeral/Afins para decidir sobre a primeira aula do curso.”

P.L.