A tirania da ausência de estrutura

Pessoal,

no último encontro o Carlos, um dos convidados, falou do texto A tirania das organizações sem estrutura. Resolvi fazer uma investigação e conhecer o texto. Encontrei o texto original em inglês, um comentário sobre sua autora (Jo Freeman aka Joreen) e a tradução para o português. Vocês verão que há algumas diferenças na tradução se comparada ao original (mas sempre há).

SEMANA DE MÍDIAS LIVRES : ESC + Copyfight + Encontro de Rádios Livres

A partir da convergência de diferentes encontros sobre tecnologia e comunicação (ESC, Copyfight e Encontro de Rádios Livres), a Semana de Mídia Livre traz cinco dias de programação intensa com debates e oficinas sobre democratização da comunicação, rádio digital, táticas de anti-vigilância na rede e muito mais.

A Semana começa com o II ESC, que põe em pauta a decisão do modelo de rádio digital que será adotado no país. O Brasil ainda não definiu este modelo e corre o risco de ceder às pressões da grande mídia, escolhendo um padrão que praticamente inviabiliza a existência de rádios livres e comunitárias. Por outro lado, há um modelo aberto (DRM) que traz diversas possibilidades e vantagens para a mídia livre. As implicações técnicas, sociais e políticas do rádio digital no Brasil será o foco desta segunda edição do ESC.

No dia 27 de noite, a abertura do Copyfight na Rádio Interferência debaterá a produção do sujeito terrorista no Brasil, Colômbia e Palestina, com os coletivos Rio40Caos e Antena Mutante. No dia seguinte, o Copyfight vai para a Casa Nuvem, onde teremos uma oficina de criptografia e anti-vigilância na Internet. Na sexta (29), voltamos à Interferência para a oficina de espectro livre, abordando rádio digital e redes wifi autônomas, e já emendando com a programação do Encontro de Rádios Livres, que também ocorre na Praia Vermelha, na parte da noite, com o lançamento do documentário sobre da Interferência, exibição de curtas e música.

Para fechar a semana com chave de ouro, no sábado (30), o Encontro de Rádios Livres traz OCUPA CAMPUS invadindo a Praia Vermelha com apresentações artísticas, oficinas e debates em geral. Traga sua arte, sua música, divida seu conhecimento e participe!

confira os sites dos eventos >>

ESC – Espectro Sociedade e Comunicação, 26 a 28 de novembro, na PUC-RJ
http://www.conferences.telemidia.puc-rio.br/esc2013/

Copyfight, 27 a 29 de novembro, na UFRJ e Casa Nuvem
http://www.copyfight.in/

Encontro de Rádios Livres, na UFRJ, 29 e 30 de novembro
encontro.radiolivre.org
http://wiki.radiolivre.org/Encontros/EncontroRio2013

programação completa:

terça // 26
09h00 – ESC
A academia nacional e os Sistemas Brasileiros de TV e de Rádio Digital: oportunidades e estratégias.
10h50 – ESC
Os novos paradígmas da radiodifusão digital: Demonstração de utilização do padrão Digital Radio Mondiale com o middleware Ginga para transmissão de rádio digital.
14h30 – ESC
Direito à Comunicação e Digitalização – Repensando as leis dos meios no Brasil e na América Latina

quarta // 27
09h – ESC
Interatividade e inovação no Rádio Digital
14h30 – ESC
Rádio Digital na prática: Uso de multiprogramação e interatividade. Oficina de desenvolvimento de aplicativos interativos para Rádio Digital usando o Ginga e explorando possibilidades de uso da multiprogramação
16h30 – ESC
Grupos de Trabalho
GT-01
Implementações abertas de rádio digital, rádio digital nas distintas bandas de radiodifusão (OM, OT, OC e VHF), canal de retorno e o rádio como meio de difusão de conteúdo digital.

GT-02
Espectro Livre e o novo marco legal das comunicações no Brasil

19h30 – COPYFIGHT na Interferência
Abertura do Copyfight e debate “Novas Fronteiras de Controle: a produção do sujeito terrorista no Brasil, Colômbia e Palestina” com Rio40Caos e Antena Mutante (Colômbia)

quinta // 28
09h – ESC
Regulamentação, uso e compartilhamento do espectro
14h00 – ESC
Apresentação do resultado dos GTs
16h30 – ESC
Mesa de encerramento e produção da carta da conferencia endereçada ao Conselho Consultivo do Rádio Digital (CCRD) – MINICOM
19h30 – COPYFIGHT na Casa Nuvem
Criptografia e anti-vigilância na Internet com Silvio Rhatto (Saravá)

sexta // 29
17h – COPYFIGHT na Interferência
Espectro livre: rádio digital e redes wifi autônomas com Surian (Redes Livres) e Rafael (MUDA)

20:30 – Encontro de Rádios Livres (Auditório da CPM/ECO)
Exibição de filmes de rádios livres e lançamento do documentário da Interferência

22:00 – Encontro de Rádios Livres (Interferência)
Discotecagem coletiva e confraternização

sábado // 30
14 horas – Encontro de Rádios Livres (UFRJ)
#OCUPACAMPUS
O campus da Praia Vermelha fica deserto aos sábados. O coletivo da Rádio Interferência tem resistido com oficinas ou encontros e vem convidar os coletivos autônomos e horizontais a ocuparem a UFRJ com ações, intervenções, oficinas, debates, et alii.
Retransmissão para a Colômbia pelo Radiolibre.co
Rádio Interferência aberta para programação coletiva
14h00 Oficinas | Abraço | Fuga | Estêncil | Transmissão ao vivo de manifestações (RioNaRua)
15h00 Captação de voz e edição de vinhetas das rádios livres
16h00 Debate sobre a escolha do padrão brasileiro para o Rádio Digital
17h00 Devir-Bola + Futebol e Anarquia | Prática no Campinho
18h00 Oficina de Rádio Digital
19h00 Projeção dos vídeos das rádios livres
20h00 Discotecários das rádios livres
Retransmissões, performances, intervenções, estripulias, ações em geral

Mais informações em: https://espectrolivre.milharal.org/

Recado do pessoal que está organizando a aula do dia 14/11

Pessoal,
Pra aula de amanhã vamos testar um dispositivo pedagogico antes do inicio da aula expositiva. o tempo pre-aula, de 13-13:40h tem sido bem ocioso, por isso vamos testar uma ideia. Utilizar esse tempo para passar um video provocativo. Sera um documentario sobre Tosquelles e a clinica de Saint Alban, percursores cruciais da analise institucional. não queremos utilizar o tempo de aula para passar o video, então vamos passar antes. Quem puder chegar as 13h vai poder aproveitar esse momento tb! 
inte!

Felix

Calendário atualizado

Segue o calendário previsto para as próximas aulas, conforme decidido na assembléia do dia 7/11.
14/11 – Aula expositiva de Análise Institucional a partir de textos compilados (já estão disponíveis no site)

21/11 – Terra Una + MST [a confirmar]+ CAFS [a confirmar]

28/11 – Norte Comum + Aula sobre arte [a confirmar]+ “experimentação artística ”

5/12 – Rádio Interferência + Universidade Nômade [ a confirmar]

12/12 Avaliação do curso

Referências da aula do dia 14.11.2013

No link abaixo está a compilação de textos para a aula expositiva do dia 14/11

Textos selecionados Analise Institucional e Autogestão

Nota do Felix:

“Pessoal, aqui esta o texto pra proxima aula. Esta dividido da seguinte maneira:A primeira parte são trechos que recortei do compêndio de analise institucional sobre autogestão. Depois vem um capitulo do livro Caosmose em que Guattari fala da experiência de La Borde. E as ultimas paginas são alguns verbetes que achei mais interessantes do compendio tambem. Eh um ‘guia’ para entender um pouco de autogestão, analise institucional e fazer operar esses conceitos em um campo concreto. Se estiver longo, recomendo focar a leitura no texto do Guattari, ‘praticas analiticas e praticas sociais’, mas pra quem tiver tempo eh muito bom ter a leitura desses dois autores. Divirtam-se”

Cine Comuna Amarildo – 2ª sessão

Em meio às discussões quentes acerca das manifestações e dos modos de resistir no contemporâneo, propomos este filme para abrir o debate com relação às estratégias de lutas, mídia e produção de subjetividade. “No” é um filme que nos conta a história dos bastidores do plebiscito ocorrido no Chile em 1988 sob a ditadura de Pinochet, em que a população votaria SIM ou NÃO à permanência do ditador no poder. Um filme intrigante e com uma fotografia belíssima que vale a pena ser visto tanto em termos artísticos como históricos.

Esperamos vocês para a sessão-debate!

Filme: “NO”. Chile, 2012, 118m. Direção Pablo Larrain
Local: sala 9 do Instituto de Psicologia da UFRJ, Av. Pasteur, 250, Pavilhão Nilton Campos, Campus Praia Vermelha.
Dia: 5ª feira, dia 7/11 às 17:00

no

Referências da aula do dia 7.11.2013

Pessoal, seguem os capítulos que estavam como sugestão de leitura para o próximo encontro (mudou alguma coisa?).

DELEUZE, G. E GUATTARI, F. Mil Platôs, volume 5. São Paulo: Editora 34. Proposição 1 4 do capítulo 13. 7000 a.C. – Aparelho de Captura (páginas 97-156).

GUATTARI, F. (1981) Revolução Molecular. São Paulo: Brasiliense. Capítulos: A transversalidade, Micropolítica do Facismo, A autonomia possível, O capitalismo mundial integrado e a revolução molecular.

Coloquei o livro inteiro do Guattari mas também já separei os capítulos, caso não queiram/consigam baixar tudo.