Encontro e definições

Carxs todxs,

a próxima reunião foi agendada para o dia 22.07.2013, segunda feira, 18 horas no Instituto de Psicologia. Como sabemos, o Instituto de Psicologia funcionará normalmente neste dia.

Soubemos esta semana:

  • que a disciplina Práticas autogestionárias foi cadastrada no SIGA e já está disponível para futuras inscrições,
  • que o cadastramento da proposta como curso de extensão também está tramitando e temos toda a razão em crer que ele será devidamente implementado.

A reunião do dia 02.07.2013 determinou que haverá:

  • 30 vagas para a disciplina cadastrada no SIGA,
  • 10 vagas para o curso de extensão.

As inscrições na disciplina e no curso de extensão podem ser feitas por meio de uma seleção prévia. Basta que determinemos, entre nós, os critérios de inclusão, façamos a seleção e informemos a secretaria da graduação e a secretaria de extensão a lista de participantes.

Sabemos que o curso vem sendo construído coletivamente há alguns meses e, neste momento, seria uma perda que participantes ativos fossem excluídos. Será necessário, portanto, já na próxima reunião que esta lista seja encaminhada.

Notamos também que temos incorrido em certa imobilidade ao realizar autogestão na decisão e não definir as funções e os atores. Devemos evitar a burocracia hierarquizante e distingui-la da determinação coletiva de funções e atores. Nesta trilha proponho que definamos critérios de seleção e atores para implementá-la o que incluir a divulgação, prazos, análise de material, preparação da lista e encaminhar a lista para a coordenação da graduação e da extensão.

Anúncios

Reunião 02.07.2013

Essa foi mais uma reunião de grandes possibilidades. As intenções de falar sobre a autogestão na produção de conhecimento (CAPES e CNPq) e no próprio campo da psicologia, de abordar os problemas e impasses da autogestão no interior da Economia Solidária ( no campo do trabalho), o contexto das manifestações atuais -pensando que grupos e objetos de reflexão poderiam ser utilizados  e principalmente nas narrativas,  foram compartilhadas. Foi apresentada a proposta de pensarmos em como a autogestão é pensada e utilizada nos diversos campos. Surgiu também a oportunidade de entrarmos em contato com integrantes do MPL de São Paulo e achamos oportuno estreitar este vínculo.

Partindo para o pragmatismo galopante:

– Para que a disciplina se torne também um projeto de extensão é necessário decidir o número de vagas. Até então seriam 20. Mas, com relação a inserção dos alunos que já estão construindo a disciplina e a possibilidade de não conseguirem as vagas pelo sistema (SIGA), ficou combinado que o número de vagas pelo projeto de extensão será reduzido e pelo sistema aumentado para 30, sendo um total de 40 vagas. Também será necessário escolher a forma de divulgação, um nome para coordenador  e preencher o formulário com a Jéssica. A forma de divulgação sugerida foi via internet, por meio do site do IP e o nome para coordenador sugerido foi o do João Batista.

– Concluímos que existe uma necessidade de se iniciar uma disciplina a partir de um relato do caminho que resultou na mesma, pensando no número de pessoas alheias ao processo.

– Propomos uma próxima reunião para o dia 22/07 , segunda-feira, para tentarmos organizar melhor os tópicos da ementa.